sexta-feira, 24 de maio de 2013

obrigado a todos os que se esforçaram...

fêmea ecletus roubada, na posse de ciganos
antes de mais nada... quero agradecer a todos, a ajuda que deram, partilhando e divulgando as imagens do roubo de que fui alvo. quero também pedir desculpa por todo este tempo de ausência, e por não ter respondido a mails, msgs, etc..... mas sinceramente está-me a custar muito lidar com este assunto e escrever o que quer que seja acerca de aves, e das coisas envolventes.
na verdade, esta época de criação para mim ficou arruinada... apenas pelo facto de não ter cabeça para nada que envolva pássaros, e francamente tem sido um frete para mim ter que os cuidar.
eu sei que muitos estarão a pensar que é um exagero, etc e tal... eu respeito isso, mas deixem-me também justificar que aquilo que para algumas pessoas, são apenas meia dúzia de bourkes e 1 fêmea de ecletus, para mim foi um golpe muito grande na minha evolução lenta, lentinha.... e foda-se.... foi a segunda vez!!!!
estou revoltado com esta merda de gente que nos governa, que nos julga, e é suposto proteger.... e não xular. Esta história deste roubo já me mete nojo....

aqui fica, como tudo aconteceu:

no inicio de Março adquiro uma câmera de vigilância ip, wireless e depois de algumas aventuras e desventuras para a instalar, acabo por decidir instalá-la recorrendo a um cabo de rede, deixando de lado o wifi, por não ser estável, fazendo com que a câmera perdesse o sinal algumas vezes, e assim executasse um reset que a fazia girar para posições malucas.
no dia 19 de Março aplico-a então no sítio que eu considerava mais adequado. aparentemente o problema da desorientação por perda de sinal, estava resolvido.
saquei uma aplicação para o tlm, e como era novidade toca a testar... durante o dia, estava a trabalhar, e com a aplicação aberta ia metendo o olho no que se passava em casa... porreiro!!
passado 2 dias, no dia 21 pelas 15h30, dou-me conta que a câmera estava a apontar para o tecto... ora fdassss, pensei eu.... afinal, por cabo também fica maluca de vez em quando.
através da aplicação do android, lá a voltei a coloca-la na posição correcta, e parecia-me tudo ok.
chego a casa por volta das 16h30 e ao contrário do que é habitual não fui espreitar os pássaros, optando por ir lanchar primeiro,etc....
Depois.... saio de casa e dirijo-me às gaiolas, quando me começo a aperceber que um dos quakers, estava do lado de fora da gaiola!!! fdasss.... mas que raio...
vejo uma telha de lusalite toda descaida e uma gaiola toda amassada.... agarro no quaker calmamente (é mansinho) e entro no barraco à procura de uma gaiola para o colocar. quando começo a olhar, dou-me conta que as gaiolas que estavam penduradas numa das paredes do barraco.... simplesmente tinham desaparecido. muitas delas até estavam vazias, apesar de ainda terem comedouros e ninhos, pois nestas estavam uns mandarins dos quais eu me tinha desfeito uns dias antes.
já completamente aparvalhado, olha para o sítio onde estava a minha fêmea ecletus e vi que já só lá estava mesmo o sítio. nem papagaio, nem gaiola....

liguei para a mulher a avisar e para lhe pedir para chamar a GNR. entretanto fui ao pc ver as gravações e deparei-me com o triste filme que já todos viram. afinal a câmera não se tinha desorientado.... tinha sido o filho da puta que a virou. hoje em dia, já sei que ligada por cabo ela não tem aquelas paranóias....
liguei para 2 amigos, que são daqui da zona, na esperança que eles identificassem o cabrão. como só estou aqui a morar há pouco mais de um ano, ainda não conheço bem as caras. A GNR veio, tomou as notas que entendeu, tiraram umas fotos às gaiolas deixadas no pinhal traseiro e pediram-me para estar às 9h do dia seguinte no Posto, para preencher a papelada e entregar as imagens. Era importante estar lá cedo, para o processo andar mais rapidamente.
Nessa noite, corremos tudo o que era cafés na esperança de que alguém identificasse o cabrão através de uma das imagens.
Nada.... zero!
-essa cara não me é estranha..... ouvimos vezes sem conta.
fomos para casa de rastos....

no dia seguinte, passei pela empresa, avisei que ia tirar o dia porque não estava com cabeça... e lá fui ao Posto. depois disso tratado, ainda passei por mais alguns cafés, e fui para casa. ouço o cão ladrar.... vou à janela e vejo 2 ciganos, cada um na sua scooter eléctrica, a passar muito devagarinho e a olhar na direcção do sítio por onde saltou o muro, o filho da puta. falavam um com o outro, enquanto avançavam sempre a olhar para lá.
nunca tinha visto ciganos na minha rua! e aí.... fez-se logo luz. era muita coincidência! entretanto lembrei-me que na véspera tinha visto umas ciganas aqui na terra.
algumas pessoas alertaram-me para o facto de dar a sensação que o individuo tinha um brinco na orelha, pelo que se podia ver no video.
a partir deste dia fiquei plenamente convencido que fui roubado por uns filhos da puta de uns ciganos!!! já não bastava me tirarem do ordenado para sustentar esses animais!
toda a gente me dizia:
- eh pá o gajo não tem cara de cigano....
-eh pá isso foi alguém que já cá veio....
etc....

mas eu mantinha a minha ideia de que tinha sido obra da ciganada, pelos motivos já explicados, e mais um ou outro pormenor...
quem é que no seu perfeito juízo ia roubar alguém, depois de esbarrar com o focinho numa câmera?
além disso, se fosse alguém do mundo dos pássaros, tinha sido reconhecido por malta do facebook.

passou-se o fim de semana e na 2ª feira lá vai o anjola à Gnr, a perguntar se havia novidades....
disseram-me que aguardavam pelo ministério público, para poderem avançar....
fui mesmo anjola em lá ter ido 2 dias depois.... é que ainda estou a aguardar!!! e já se passaram dois meses!

Passou-se um mês sem novidades.... passei milhentas vezes pelos 2 acampamentos sem nunca ver o individuo... até que vejo o gajo a levantar o chequezinho do rendimento mínimo nos ctt, mesmo ao lado da empresa onde trabalho. outro colega confirmou.... era mesmo o gajo!!
apontei a matrícula da carrinha, uma renault express, branca.
Fui à Gnr, dar-lhes a novidade, convencido de que estava a fazer uma grande coisa. Mas eles simplesmente cagaram no assunto. nem quiseram saber a matricula.
fiquei com a sensação que o assunto estava a ser tratado com a mesma leviendade, com que seria tratado se eu tivesse ido fazer queixa de me terem roubado o saco do lixo.
Desisti.....

há pouco mais de uma semana. fui aqui a uma casa que vende produtos agricolas, comprar umas porras para a horta e aproveitei para comprar um saquito de meio kg de comida de papagaios, só para desenrascar.
estava na caixa e lembrei-me de perguntar... sem qualquer esperança:
- olhe lá, não tem vindo aqui nenhum cigano comprar comida de papagaios?

ao que responde a rapariga:
- olhe... ainda há dias levou 3 pacotinhos desses.
mas olhe que ele não parece nada cigano! - acrescentou

pelo que eu saco do tlm e mostro-lhe a imagem do filho da puta. ela chamou outra colega e juntas confirmaram!
era mesmo ele!!! e ainda tinha o meu papagaio.
tão nervoso como contente.... lá me decidi a ir à Gnr, convicto de que era desta! a minha dúvida era só uma: com a minha sorte, depois de tanto tempo a manter o papagaio, havia de o vender agora num dia ou dois... e eu ia morrer na praia. com jeitinho quando a policia lá chegasse ele já o tinha despachado  :(
mas o meu problema não foi esse!
o meu problema foi mesmo a Gnr.... que mais uma vez arranjou mil e uma desculpas para não ir lá! precisavam de um mandato de busca, e para o obter as raparigas da loja teriam que ser testemunhas, e eu teria que indicar qual a barraca.
- é que a juíza não passa mandatos para o acampamento todo!!!
mas segundo me disse o guarda, como os ciganos já sabem disso... todas as semanas trocam de barraca uns com os outros!!!
e as raparigas da loja, como é evidente.... não queriam ser testemunhas, para não arranjar problemas com os ciganos!

puta que pariu....

Pensei para comigo que o gajo se deve andar a ver atrapalhado para arranjar comprador para o bicho, e limitei-me a ter esperança que ele fuja ou algo que o valha.... e tentei mais uma vez pôr uma pedra no assunto. coisa dificil.... confesso!!

Até que na 2ª feira passada, ao passar pela loja para comprar uns tomateiros, uma das raparigas me diz que o cigano lhe perguntou se ela não queria comprar um papagaio...
fiquei outra vez passado dos cornos!! isto já é andar a gozar com um gajo.
chego a casa desesperado.... e toca a escrever um mail para o ICNF ! alguém tem que fazer alguma coisa.
Ligo também para a Gnr, a dizer-lhes que eles têm que tomar medidas e a contar o desenrolar dos acontecimentos! Supostamente compreensivo, lá me diz o guarda para eu ir às 9h da manhã ao posto, falar com comandante, para se tratar de pedir logo um mandato de busca. Já fiquei mais animado e lá estava eu na 3ª feira às 9h.
O guarda que me atendeu foi um dos que veio na altura cá a casa.... e eu fiquei satisfeito com isso. a coisa parecia estar a correr bem,
Ele coloca-me uma série de obstáculos, mas perante a minha insistência e como afinal o comandante não estava, foi perguntar o que fazer ao sub comandante que respondeu perante o meu olhar incrédulo:

- então agora temos que esperar que venha o processo do tribunal, para depois lhe anexarmos essas provas e obtermos um mandato.

ao que o guarda diz:
- então mas o suspeito está a tentar desfazer-se do papagaio?!

sub comandante:
- então depois ele vai ter que dizer a quem o vendeu, e a pessoa que o comprar vai ter que ir responder também a tribunal por ter comprado o animal roubado.

agradeci ao guarda, que ficou tão aparvalhado como eu com a resposta. afinal isto é simples!!
vim-me embora e disse-lhe que ia ter com a rapariga de forma a tentar comprar o meu próprio papagaio.

fui então à loja pedir à rapariga se ela estava disposta a comprar o papagaio, com dinheiro meu obviamente.
ela tinha o contacto do cigano, pelo que lhe ligou. O besta de merda ficou de ir à loja conversar com ela no dia seguinte... naquele momento diz que não podia falar, porque tinha o irmão no hospital.
oxalá que morra, pensei eu.
estabeleci para comigo mesmo, um máximo de 100 euros. mais que isso era impensável. arranjei uma foto do papagaio, fui levantar o dinheiro e entreguei tudo à rapariga.
ela ficou escandalizada por eu estar disposto a dar 100 euros pelo meu próprio papagaio, e disse-me que ia começar por lhe oferecer 50 euros.
no dia seguinte com os nervos à flor da pele, e com os meus niveis de ansiedade ao rubro, ainda liguei para a Gnr, a contar o que se estava a passar, e a mandar vir com eles. o guarda sugeriu-me interceptar a venda no momento em que esta estivesse a decorrer. Nem pensar... disse-lhe eu. ia colocar em risco as raparigas da loja, que foram as unicas pessoas com coragem para me ajudar até à data.
ainda lhes disse, que com a minha sorte, eram bem meninos para me prender a mim por estar a comprar o meu papagaio que me foi roubado.
pedi-lhe que me dissesse com quem eu poderia reclamar, ou mandar vir.... mas não obtive resposta.
apetecia-me mandar a Gnr para a puta que os pariu, mas ao mesmo tempo via que não os podia pôr todos no mesmo saco.... estavam de certa forma apenas a cumprir ordens, e a cumprir a lei.
é triste... mas é a verdade.
o dia passou-se.... e da loja, nada de novidades. se calhar o filho da puta não foi lá... pensei.
também não quis pressionar.... poderia afugentar as unicas pessoas que me estavam a ajudar.

no dia seguinte, logo de manhã..... estava no trabalho, e ao olhar pela janela lá estava o cabrão.... chegou na carrinha que a Gnr diz que ele não tem..... foi aos CTT levantar o chequezinho que eu e vocês lhe pagamos,  e arrancou embora, feliz e descansado da vida.
pensei.... fodassss..... já tem dinheiro para uns dias.
entretanto um colega meu contou-me que um conhecido dele, vizinho do acampamento, viu os gajos com uma série de aves, e a tentar cortar a anilha de um papagaio, uns tempos antes.
o meu papagaio... pensei eu!!
está lá e não consigo que ninguém me valha....
cada novidade destas... é uma espécie de facada que um gajo leva.
o dia passou.... e nada de noticias....
saio do trabalho, e vou virado à loja.
ao estacionar, apercebo-me de uma carrinha renault express à porta da loja, com o mesmo grau de degradação da carrinha que me era familiar.
outra carrinha dos gajos???!.... pensei eu.
queres ver que vou dar de caras com a negociação???
ao sair do carro, nunca as pernas me doeram assim, com tantos nervos... estava a ver que nem conseguia andar.... fdsssss... nunca tinha experimentado tal sensação.
entro na loja.... não vi nem rapariga, nem ciganos.... a carrinha afinal era de um velhote.
a rapariga aparece-me passado um bocado, e conta-me que os ciganos tinham saído de lá há pouco tempo.
o animal de merda, não aceitou os 100 euros. é pouco....

fodido da vida..... disse-lhe apenas que se ele voltasse a perguntar, para ela lhe dizer que tinha lá ido um cliente perguntar se eles (loja) não vendiam papagaios, porque queria comprar um papagaio para oferecer à mulher. se o cigano quisesse, ela dava-lhe o meu contacto.

e pronto..... a história foi esta..... e disto duvido que passe....

quanto ao mail que mandei ao ICNF.... esses senhores, nem à merda me mandaram....
talvez se eu xibasse um criador qualquer que não tenha cites das suas aves, eles já lá tivessem ido.

quando filho da puta do cigano cá voltar.... sim, porque ele vai voltar, pode ser que não tenha tanta sorte e eu obtenha finalmente a minha justiça!

eu até compreendo que haja malta que me diga coisas do género.... ah e tal.... se fosse comigo....eu fazia isto e aquilo e partia-o todo.
mas as pessoas têm que pensar que todos temos família..... e na hora da verdade isso conta, quando se pensa entrar num acampamento de dezenas de ciganos e buscar aquilo que é nosso!
também vos digo..... ainda não houve uma pessoa que fosse.... que me dissesse assim:

- eh pá.... eu vou lá contigo buscar os pássaros.



Moral da História:

defendam-se e protejam-se como puderem..... porque quando vocês precisarem, ninguém vos vai ajudar.

há câmeras ip muito em conta, eficazes e que vos permitem ir metendo o olho a partir de um pc ou tlm....
mas depois, não esperem pela gnr.... metam-se vocês ao caminho para defender aquilo que é vosso!

Ps: quanto às almas caridosas que ao lerem isto já me estão a acusar de xenofobia.... pensem bem.
apenas pensem bem.....
já alguma vez se cruzaram com esses filhos da puta, nas vossas vidas?




15 comentários:

ReAl Copper disse...

lamento que isto esteja a ser tão caótico...mais valia falares com as raparigas da loja pra te avisarem quando esse palhaço lá estivesse, e telefonavas para a polícia nessa altura e dizias "vi o ladrão na loja e matei-o". vinham logo a correr!
Podia ser que assim o interrogassem.

Anónimo disse...

Se estivéssemos num País "normal" já tinha sido resolvido. Contudo, existem muitas leis sem sentido, mas penso que o principal motivo neste caso tal como em muitos outros é que as autoridades preferem estar no seu local de conforto do que andarem a chatear-se. Infelizmente acontece com frequência coisas deste tipo e o final é o mesmo (as autoridades não saem da esquadra, pelo menos para tentarem resolver o problema, e quem rouba tem sempre lucro!). Para dar um exemplo de um acontecimento que se passou comigo (e dessa forma sei o que estás a sentir), assaltaram-me o carro num local em que este tipo de emprego é muito frequente (na mesma semana assaltaram mais 2 carros de colegas meus, certamente foram mais nessa semana mas que eu não tive conhecimento). Fui à Policia, mandaram assinar um papel e passado uns tempos recebi uma carta a dizer que o caso tinha sido arquivado(tal como o dos meus outros 2 colegas). Vou quase diariamente para a zona onde fui assaltado e alguma vez vi lá algum Polícia??? Nem um...e os Polícias sabem onde são vendidos os produtos (rádios, óculos de sol, portáteis) roubados! E vão lá??? Pelo menos fardados não (só se forem à civil fazer umas compras)... NÃO CUMPREM O SEU DEVER, MAS NA ALTURA DAS MANIFESTAÇÕES LÁ ESTÃO TODOS (alguns deles recebem salários chorudos para estar o mês inteiro sentados à frente do PC e ainda acham que são mal remunerados)...mas é o PORTUGAL, e principalmente os Portugueses que temos!

Anónimo disse...

Haja pachorra para (in)justiça Portuguesa ... Força Pedro ! Cumps Ruivo

Anónimo disse...

Eh pah realmente haja paciencia.

Mas olha ... uma ideia... talvez ajude.

E porque nao ires na ''desportiva'' ao acampamento e tentares falar com alguem que nao o ladrao... e explicares a situaçao, e dizeres que tens provas... podes mesmo levar fotos do gajo... fotos da ave... explicares que tens ja queixa dada na policia e tens fotos prontas para lhes dares do ladrao ou ja as deste mesmo.
E dizes que nao queres confusao com ninguem... que pretendias pelo menos o papagaio... e que ate retiravas a queixa da policia.

Claro que nao ias para la sozinho, ou pelo menos desacompanhado.

Eu sou de longe... senao sem stress.... pedes a amigos para irem contigo... nao digo falar com eles, mas pelo menos para ficarem em 1 ou mais carros assim ao pe do acampamento... isto so para mostrar aos gajos que nao foste sozinho.

nao sei se estou a fazer entender a minha ideia ?

se eles forem minimamente inteligentes dao-te o papagaio e ate te deixam em paz... se forem burros pah negam tudo... e ao fim vens-te embora e fazem desaparecer o papagaio.
mas pelo menos tentas-te.

pah eu nao tenho nada a apontar aos ciganos mas nao gosto deles. aqui a uns 10/15 km ha um acampamento, a policia ja ouvi eu dizer que sabe o contrabando que por la ha, mas nao vao la.

a minha ideia veio principalmente digamos do que vejo nas feiras a que vou. vejo ciganos que ate parecem digamos porreiros... claro porque estao ali a frente de muita gente e isto e aquilo... porque acredito que estando so com os deles sejam mais do mesmo.

mas acho que nao perdias nada.

ou entao para se calhar nao correres tantos riscos... pedias o nº do gajo na loja de animais, ligavas com ele e tentavas combinar um sitio para te encontrares com ele... e tentavas ter perto mais gente tua amiga.... e pressionavas o gajo.

tambem gostei da ideia que deram ai em cima... ligares a policia a dizeres que apanhas-te o gajo e o matas-te ou algo assim do genero.... ou dizer que ha um roubo em curso... algo do genero... e eles irem ao sitio onde estas a encontrar-te com o gajo.

sinceramente eu acho que nao desistia.

e para desistir... pelo menos ligava para o gajo e dizia... tenho uma gravaçao sua a roubar-me o papagaio, tenho fotos da sua cara... tenho acusa dada na policia, etc, etc... se me devolver a ave, esqueço tudo e deito tudo fora.
podes ate sei la enviar para o acampamento uma carta por correio.
podes dizer que tens fotos dele com a ave no acampamento e tudo, para lhe mostrar que esta ainda mais incriminado.
e ai podes ate dizer-lhe... dou-lhe 100 euros pela ave que me roubou e tal... a ver se cola...

nunca digas o teu nome ou morada... claro que morada vao saber, mas assim sempre é mais dificil.

e fala com algum policia que achas mais ''porreiro'' a ver o que acha da ideia .

abraço e sinceramente faço votos que para a proxima postagem... ja tenhas boas noticias.

PEDRO NOGUEIRA disse...

força Pedro, estou aparvalhado com a tua historia, mas na merda de pais onde moramos a tua historia e real e bem real. bem calmo es tu porque se fosse outro já tinha fodido um a tiro. mas a que manter a calma e pagas cotas a esses mamões do ICNF.

PEDRO FAZ QUEIXA DOS CIGANOS QUE TEEM AVES SEM LICENÇA AQ VER SE ELES LA VÃO.

ABRAÇO E CORAGEM

Anónimo disse...

Se estivéssemos num País "normal" já tinha sido resolvido. Contudo, existem muitas leis sem sentido, mas penso que o principal motivo neste caso tal como em muitos outros é que as autoridades preferem estar no seu local de conforto do que andarem a chatear-se. Infelizmente acontece com frequência coisas deste tipo e o final é o mesmo (as autoridades não saem da esquadra, pelo menos para tentarem resolver o problema, e quem rouba tem sempre lucro!). Para dar um exemplo de um acontecimento que se passou comigo (e dessa forma sei o que estás a sentir), assaltaram-me o carro num local em que este tipo de emprego é muito frequente (na mesma semana assaltaram mais 2 carros de colegas meus, certamente foram mais nessa semana mas que eu não tive conhecimento). Fui à Policia, mandaram assinar um papel e passado uns tempos recebi uma carta a dizer que o caso tinha sido arquivado(tal como o dos meus outros 2 colegas). Vou quase diariamente para a zona onde fui assaltado e alguma vez vi lá algum Polícia??? Nem um...e os Polícias sabem onde são vendidos os produtos (rádios, óculos de sol, portáteis) roubados! E vão lá??? Pelo menos fardados não (só se forem à civil fazer umas compras)... NÃO CUMPREM O SEU DEVER, MAS NA ALTURA DAS MANIFESTAÇÕES LÁ ESTÃO TODOS (alguns deles recebem salários chorudos para estar o mês inteiro sentados à frente do PC e ainda acham que são mal remunerados)...mas é o PORTUGAL, e principalmente os Portugueses que temos!

Anónimo disse...

Os do ICNF só pensam em dinheiro, tal como 95% dos Polícias e GNR! São todos do mesmo saco!

Anónimo disse...

PEDRO, infelizmente não te conheço pessoalmente, mas dou-te um conselho: Sei que adoras as tuas aves e que têm um valor incalculável, tal como para mim e para muitos outros criadores. Mas mesmo assim, há coisa muito mais importantes que as aves! Dessa forma, não percas a cabeça e faz por ires tentando esquecer este precalço (sei que vai demorar muitos anos, e a revolta é muita), e certamente melhores dias virão! Felicidades

Pedro Duarte disse...

boas,
agradeço todas as vossas mensagens e podem ter a certeza que as leio com atenção e consideração. muito obrigado. só peço que as assinem, porque senão depois não sei quem as escreveu.
um dos principais problemas de situações de roubos, é que um gajo nunca mais se esquece. eu aprendi isso em 2008, quando fui roubado pela primeira vez. só voltei a ter descanso quando mudei agora de casa. ainda assim, nem por isso baixei a guarda.... mas o que é certo é que não me valeu de nada. obrigado companheiros....

Anónimo disse...

boa noite... li o que aconteceu e so tenho a dizer que infelizmente este pais vai de mal a pior e infelizmente so favore-se quem so pensa em estar bem a custa do outros... espero que consiga recuperar a ave e não desista de continuar a criar aves pois tem belissimas aves... va atualizando para ficar-mos a saber como esta a correr... muita força

Anónimo disse...

Boas

É de lamentar a atitude da policia, mas ora eles nao se preocupam com outras coisas de maior valor ou ate mesmo com a vida das pessoas em jogo, la se vao preocupar com uma ave... infelizmente é o pais em que vivemos, cada vez mais caminhamos para um pais de terceiro mundo.

acho que nestes casos sinceramente mais vale um gajo apostar primeiro em boas instalaçoes.
e quando digo boas digo digamos mais seguras. infelizmente de nada serve... caes, fotos, gravaçoes, etc.
caes eles se andarem de olho mal consigam envenenam o animal. fotos e videos... de nada serve em tribunal penso eu, pelo que se tem ouvidos ... e alem disso demora montes de tempo.

eu só crio agapornis e digo so porque tem valor tanto monetario como sentimental, mas nao podemos comparar o valor monetario de ambos. e ja assim tenho um viveiro todo em chapa, rede grossa a frente e na porta... aluquete. e o viveiro fica na parte de tras da casa, que ninguem ve... os vizinhos é tudo familia mas ainda assim fecho-o.
se eu me metesse em aves de tal valor... huiii preferia investir 1º forte em instalaçoes, de tijolo, etc, etc... algo que mesmo que fosse roubado desse trabalho.

mas atençao que nao estou a apontar o dedo a ninguem... apenas a dar uma ideia. ainda ha dias estive na casa de um criador de agapornis em que a maioria das suas gaiolas de criaçao estao fora... aquilo é so chegar la e apanhar basicamente.

e ja agora uma pergunta.... o teu caozito ? nao fica solto ?

Oliveira

Anónimo disse...

Pessoal vocês tem um trabalho, o que fazem lá?? o que acham estar certo e que querem fazer, ou cumprem as regras que o vosso patrão definiu.
ta bem que há maus profissionais em todo o lado, mas a policia e GNR, para não terem problemas, tem que seguir e cumprir o que está na lei, que nem sempre é o mais justo.

lembrem se apenas de uma coisa, a lei protege sempre os criminosos, porquê?? porque as leis são criadas por eles (governantes).

Anónimo disse...

Concordo com o ultimo comentario... em quase tudo.
Sempre ouvi dizer que (digamos) o lema da policia é servir e proteger... ora eu pelo que vejo dia a dia eles nao fazem nem uma nem outra.
Eu so vejo a policia a ''servir'' quando os vejo a acomapanhar carros de politicos, etc... e quando os vejo a passar multas, etc.
Proteger tambem so os vejo a proteger quando passam politicos, figuras publicas, etc.
nos povo que trabalha, e que no fundo lhes pagamos o ordenado, proteger nepia... servir, servem-nos mal.... ai concordo que depende das regras/leis.... mas proteger penso que nao depende disso.
Eles podem sair para fazer rondas, isso é uma forma indireta ou direta como queiram de proteçao... etc, etc.
a mim ja me mandaram parar sem motivo, e depois tentaram a força toda pegar com alguma coisa... reclamaram dos pneus mas eu disse que tinha a inspecçao a pouco tempo e nao me disseram nada... e tinha... basicamente queriam arranjar maneira de me lixar.... mas passam aquelas carripanas dos ciganos a cair aos bocados, todas tapadas, etc, etc... algumas secalhar roubadas, duvido que muitas tenham sequer seguro e imposto automovel em dia... ao longe um gajo ja sabe que a carrinha é deles... eles mandam parar ? poe-te.
ja os vi eu numa feira a ver ao longe os ciganos a meter roupa em cima de dvd's, cd's, etc... e eles a passarem e borrifarem-se para a cena... se calhar se eu compra-se um cd a mim lixavam-me.
como ja ouvi dizer que nao podemos ter cd's gravados no carro, se a policia manda parar e for ver ouvi falar em 25 euros por cd.... e nas feiras?

agora todos sabemos que eles tem as maos atadas, mas nao tem os pes.

Anónimo disse...

Esta situação é típica de um país subdesenvolvido. Governado por aldrabões e corruptos que por sua vez foram eleitos por um povo ignorante que vive de vaidades.
Pedro! Não cometas nenhuma loucura.
Cpts.
Osvaldo

Mário disse...

Olá Pedro.
Não te acuso de xenofobia mas muito pelo contrario, tens toda a razão em falares desta forma...
Em relação a GNR se fosse o caso de falta de sinto, alcool, etc... tinham logo tratado do assunto mas isto é o país que temos.
Ha umas noites a traz tambem houve uns andamentos estranhos junto a minha casa, por volta das 4 da manhão 3 gajos num renault clio azul.
Infelizmente não consegui tirar a matricula...

Como dizes, temos de ser nós a defender as nossas coisas seja de que forma for...

Abraço

Mário